Cuidados na Gravidez

Descubra como se cuidar na gravidez!

Muito se fala que gravidez não é doença, e que a maioria das mulheres pode continuar sua vida normalmente, sem grandes mudanças. Em partes isso é verdade, a gestação não é uma doença, porém existem alguns cuidados que devem ser tomados pela mulher para que corra tudo bem nessa nova etapa da vida.

Pré Natal

O primeiro passo para se ter uma gestação saudável é o pré-natal. Assim que descobre que está grávida é muito importante que a mulher inicie o acompanhamento médico da gestação, para que possa diagnosticar possíveis doenças, acompanhar o crescimento da criança e manter sempre a saúde da mãe e do bebê da melhor maneira possível.

Alimentação

Dentre os cuidados na gravidez destaca-se a alimentação. Tudo o que a mãe ingere irá para o bebê e por isso é necessário que esta tenha uma alimentação saudável. Vale lembrar que não é preciso que a gestante passe a comer em maior quantidade por estar grávida, mas sim que se alimente melhor. O ideal é incluir na dieta verduras, legumes, frutas, carboidratos integrais, proteínas e leite.

É importante tomar cuidado com a higienização dos alimentos que serão consumidos, carnes devem ser ingeridas sempre bem cozidas, e deve se evitar comer alimentos como peixes e ovos crus, pois há grande risco de contaminação de doenças como a salmonela.

Atividades Físicas

A prática de exercícios físicos é um ponto importantíssimo nos cuidados com a gravidez, pois ajuda a mãe a ter sustentação, força e resistência para carregar o peso extra que terá durante os 9 meses; além de auxiliar na perda de peso após o nascimento do bebê.

Se a mulher já é adepta de algum exercício físico, é provável que possa continuar na mesmo modalidade, desde que essa não ofereça riscos à ela ou ao bebê. Não é recomendada a prática de esportes em que haja o risco de quedas ou muito impacto.

Vícios

Para ter uma gravidez tranquila é importante que a gestante se abstenha de cigarros, narguilé, álcool e reduza a cafeína, pois estas substancias podem ser perigosas para o desenvolvimento do bebê que pode acabar nascendo com má formação congênita ou síndrome alcoólica fetal. Quanto ao álcool e ao tabaco o uso deve ser totalmente interrompido durante a gravidez, já a cafeína pode ser consumida em pequenas doses.

Fonte: Efeitos Colaterais

Compartilhe Com Seus Amigos!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Leave a Reply